segunda-feira, 11 de março de 2013

querida sofia,

Faz tanto tempo que não te escrevo... acho que você nem me considera mais sua amiga... mas ta tudo bem (sempre tá tudo bem, nao é?), nao precisa responder se não quiser. Só de ter com quem conversar me sinto melhor. Não estou feliz, Sofia. Hoje era pra ser um bom dia, não é? mas acho que não aprendo mesmo... minha mente e meu coração me enganam o tempo todo. é quase insuportável morar dentro da minha cabeça. de quem herdei tudo isso?  As vezes tenho vontade de parar o mundo inteirinho ao meu redor, só pra ter tempo pra pensar.. se bem que é tanta coisa... Sinto como se tivesse um nó gigante me apertando a garganta, tanta vontade de chorar...

Por que a vida me cansa tanto, sofia?

Hoje senti sua falta mais do que em todos os outros dias juntos.

Da0aa5427c8211e2a7ab22000a1f97eb_7_large

4 comentários:

  1. nossa, lembrei de uma amiga que se distanciou de mim também. ás vezes ela faz falta.
    por que será que as pessoas que gostamos tem que sair das nossas vidas?

    ResponderExcluir
  2. Ai, Dé! Gente, Céus, eu estava morrendo de saudades de você e das suas letras e de como só você parecia retratar tudo o que era eu quando escrevia. Quando foi que você abriu o blog de novo? Por que eu não vi isso antes? Como sempre, como antes, encontro suas letras como quem se olha no espelho. Justo hoje que ue parti e sentei aqui, abri por acaso seu perfil e vi o paris de volta vida e foi só ler o primeiro... e era eu de novo, nas suas coisas. Entendo bem de nó na garganta, da vontade de chorar, de não estar feliz e cansada, cansada da vida.
    Senti falta demais das tuas letras.

    (mas agora que eu li, foi como reencontrar minha sofia).


    (vamos trocar contato dessa vez, criança, não me deixa de novo não, haha).
    (favor não estranhar minha intimidade insuportável. a culpa é de toda e cada uma das suas palavras. digo mesmo)

    ResponderExcluir
  3. voltei aqui e é tão depressivo quanto reconfortante saber que ainda me encontro nessas suas letras de saudades da sua sofia.

    ResponderExcluir
  4. De volta? Não sei se fico feliz, ou me preocupo! :D ... :(

    ResponderExcluir